Inscreva-se na nossa LISTA VIP

E Ganhe Nosso Guia

GRÁTIS !
🔒 Somos contra SPAM

Quase todos os recursos úteis do seu cérebro começam pela atenção. A atenção determina sobre o que você está consciente em qualquer momento e, portanto, controlá-la é a coisa mais importante que o cérebro pode fazer.

Para reconhecermos qualquer sentido sobre o mundo ao nosso redor, precisamos filtrar quase tudo e focar apenas no que é relevante.

Não é somente isso, mas a atenção concentrada é essencial para aprender ou memorizar. Portanto, se você puder aumentar sua capacidade de prestar atenção, poderá por consequência melhorar em quase tudo.

 

Como Funciona A Atenção?

A atenção funciona no cérebro através de dois sistemas, um inconsciente e outro consciente.

ilustração de mente expandindo atenção de cima para baixo e vice versaUm deles, o sistema “de baixo para cima“, captura automaticamente a consciência para novas informações potencialmente importantes, como objetos em movimento, ruídos repentinos ou sensações de toque.

Este sistema é rápido, inconsciente e sempre ligado (pelo menos quando você está acordado).

O outro, o sistema “de cima para baixo”, é uma atenção deliberada e concentrada, que amplia o que precisamos pensar. Essa é a forma de atenção útil para executar tarefas que exigem concentração.

Como a distração existe, nós devemos aprender a lidar com ela. Controlar a atenção de cima para baixo requer esforço, caso contrário, ela perde para o sistema de baixo para cima.

“A atenção de cima para baixo é propensa a perder o foco ou ser rudemente interrompida”

Isso requer algum truque feito de forma consciente no momento que precisarmos manter o foco para sermos mais produtivos.

 

Como Controlar A Atenção?

A boa notícia é que podemos ajustar nossas configurações e controlar a atenção para manter o foco mais facilmente.

Além de reduzir as distrações de baixo para cima, desligando as notificações por e-mail, colocando o telefone no modo silencioso, Nilli Lavie, uma neurocientista cognitiva da University College London, sugere realmente dar ao seu cérebro mais afazeres.

O trabalho de Lavie mostrou que um melhor controle da atenção de cima para baixo está em não reduz o número de interrupções, mas aumenta-lo. Sua teoria diz que, uma vez que o cérebro atinge seu limite de processamento sensorial, ele não pode receber mais nada, incluindo as distrações.

Isso parece funcionar tanto para as distrações quanto para a mente sem tarefas, diz Lavie.

Nós já havíamos abordado em outros artigos sobre a capacidade da memória sensorial e também apontamos estudos afirmando que nossa memória de trabalho consegue armazenar até 7 itens por vez.

cabeça de boneco em focoNa vida real, Lavie sugere pensar em adicionar aspectos visuais a uma tarefa para a tornar mais atraente, mas sem dificultar a tarefa – algo como colocar uma borda colorida em torno de um documento em branco e fazer a parte que você está trabalhando em roxo, por exemplo.

É uma tarefa que se assemelha bastante com os modelos de mapas mentais para auxiliar no aprendizado.

Isso funciona com todos os sentidos, ela diz, então escolher um lugar com um pouco de ruído de fundo também pode ajudar. E de fato ajuda aqueles que costumam produzir ouvindo música.

 

O Treinamento Cognitivo Para Expandir o Foco

Há também sinais de que o treinamento cognitivo pode ajudar em todo o processo de livrar-se das distrações e manter-se mais atento.

Pesquisadores que trabalham com pessoas com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e lesões cerebrais, descobriram que o treinamento cognitivo combinado com estimulação cerebral magnética não invasiva, podem melhorar o foco em uma tarefa que precise controlar a atenção de forma sustentada (Frontiers in Human Neuroscience, vol 4, p 60).

Estudos mais amplos estão em andamento, e os resultados iniciais sugerem que o tipo certo de treinamento cerebral poderia ajudar mais ou menos determinada pessoa.

Enquanto esperamos, a próxima melhor opção está em aprendermos a relaxar da maneira correta.

Meditadores experiente mostraram ter partes mais espessas do cérebro associadas à atenção, enquanto outros estudos apontaram resultados de testes de atenção melhores quando a meditação era feita nos integrantes após um curto período de tempo.

Então, aprender a se concentrar melhor pode ser tão simples quanto ter um pouco de tempo para ficar quieto sem utilizar muito seu foco.

Artigo de Caroline Williams.

Conheça os Reais Caminhos do Autodesenvolvimento

Ganhe um E-book Grátis e receba nossa serie de desenvolvimento pessoal para você superar os seus limites
Inscreva-se na nossa LISTA VIP