Inscreva-se na nossa LISTA VIP

E Ganhe Nosso E-Book
GRÁTIS !

🔒  Somos contra SPAM

Qualquer uma das dicas de memorização apresentadas aqui podem dar uma ótima base para seus estudos. Mas logo de início, é preciso saber que somente depois de se concentrar que você pode começar a reter informações.

Pois é, o ato de memorizar não é o único trabalho cognitivo que você fará nos estudos. Ter uma boa qualidade na entrega da sua mente a esse processo é importante, ao menos se quiser considerar seu estudo realmente memorável.

Com as aulas correndo ao longo das semanas, muitos conteúdos se amontoam, por isso é importante aprimorar suas habilidades de concentração e memorização para ter eficiência entre um aprendizado e outro.

Aprender como aperfeiçoar esses processos também garante mais confiança diante de qualquer prova. Por isso esse artigo será útil, ele traz dicas de memorização que fazem tudo acontecer mais facilmente!

 

O Que é Útil Saber Sobre Memorização e Concentração?

Antes de começar a estudar seriamente, você precisa se concentrar. Isso é um pouco óbvio, mas necessário, pois sua entrega ao conhecimento será mais profundo, significativo e também a única forma de criar as memórias.

Então minimize ou elimine o maior número possível de distrações, incluindo aquelas internas (devaneios ou compromissos diferentes) e externas (amigos, barulho, telefones e mídias sociais) para se concentrar totalmente.

Nada deve competir com a concentração daquilo que você precisa ter registo na memória. Quanto maior o seu foco no que está absorvendo, mais forte será o registro, tão simples quanto isso!

Artigo relacionado → Memória Humana: Como As Criamos, Lembramos e Esquecemos?

 

Pequena Dica Para Eliminar Distrações

Se estiver com problemas para minimizar distrações, use o sistema de checagem e seleção. E sempre que você perder a concentração, verifique sua pontuação em um placar que esteja na sua mesa.

Conte o número de verificações no final da sua sessão de estudo. Defina uma meta cada vez que estudar, para que comece a reduzir o número de marcações que faz a cada interrupção.

É muito simples, basta anotar as coisas que interromperam você nessa lista e pontuar quantas vezes aquele problema te afeta. Depois você precisa tomar atitudes quanto isso, ou nem as dicas de memorização funcionam direito.

Então retire a bateria do smartfone e guardar ela longe, mude a televisão de cômodo ou simplesmente solucione os problemas que estão à frente dos seus estudos te impedindo.

Somente quando você tiver um espaço de estudo apropriado e uma mente tranquila, poderá começar a memorizar suas informações direito.

 

Dicas Que Fazem a Memorização Acontecer

aderno de estudos sobre a mesa com lembretesO ato de memorizar acontece quando informações ganham significado expressivo em nossa mente. Isso ocorre na maioria das vezes quando conhecemos mais profundamente sobre algo, mas nem sempre é o suficiente para nos lembrarmos depois.

Talvez ninguém contou isso para você, mas o ato de memorizar e recordar são diferentes, e muitas pessoas negligenciam isso durante os estudos.

Essas dicas de memorização vão aprimorar seus estudos, mas lembre-se de praticar revisões periódicas. É importante praticar o resgate das informações memorizadas, caso contrário, elas ficam mas difíceis de serem acessadas.

Dito isso, siga essas 5 dicas para memorizar seus estudos.

Artigo relacionado → Como Melhorar a Memória para Reduzir Seu Tempo de Estudos Drasticamente

 

1. Forneça Mais Atributos Aos Estudos

Elabore o que você está aprendendo e busque aplicar o conhecimento em algo importante para você. Seja a partir de um exemplo que seu professor usou, algo que viu em um documentário ou outra experiência pessoal.

Isso pode ser feito também através da sua própria reflexão. Então crie um exemplo do que aprendeu, recorde de algum cenário em que o conhecimento se aplique e isso já será suficiente para ter outra forte associação.

Talvez você não se lembre do que calçava na última sexta-feira quando foi a padaria, mas pode se lembrar do que usava no baile. Pois no baile você mais se dedicou a sua aparência, ou seja, foi nesse preparo que fez mais trabalho cognitivo sobre o que calçar.

As novas informações são mais fortemente codificadas quando você as relaciona com informações que você já conhece ou que mais considera ter valor.

Então siga essa dica de memorização simples e busque atributos que aprofundam o valor das coisas. Essa é uma ótima receita para criar memórias mais marcantes e para serem lembradas com mais facilidade.

Artigo relacionado → O Que A Memória Sensorial Representa E Como Aproveitá-la?

 

2. Faça Um Estudo Generalista e Depois Específico

Essa dica de memorização ajuda na recuperação, pois se você souber que determinada informação se encontra em uma categoria mais ampla, é mais fácil acessar ela depois.

É como saber em qual gaveta se encontram suas meias brancas. Mas antes disso é necessário criar certa organização para ter essa facilidade.

Aprender coisas de forma generalista não é correto, mas serve para dar o senso de ordem aquilo que será estudado mais profundamente. É como separar as gavetas certas para cada meia.

Esse é o começo de um grande arcabouço de conhecimentos que virão depois. E certamente você deve fazer logo no princípio de um estudo.

Então faça uma leitura prévia de tudo o que engloba um conteúdo que precisa estudar, e depois sim, se aprofunde em cada tópico. Isso ajuda você a relacionar o começo, meio e fim de qualquer material.

Só por você olhar o índice de um livro técnico já consegue perceber a ordem que os conhecimentos virão. E na hora de se recordar, saberá a categoria de conhecimentos que precisa, só por ter lido os títulos e subtítulos previamente.

 

3. Recite Em Voz Alta e Com Suas Palavras

É muito proveitoso para a mente obter um mesmo conteúdo através dos nossos mais distintos canais de comunicação. A vocalização é uma forma de reproduzir o conteúdo ao mesmo tempo que o ouvimos.

Esse é um dos processos cognitivos que podem reforçar sua memória. E caso o canal auditivo seja um ponto favorável do seu aprendizado, vai fazer toda a diferença.

Mas utilize essa dica de memorização com suas próprias palavras e não somente replicando a leitura de um livro.

Compreenda o assunto antes e vocalize ele com sua interpretação pessoal depois. Assim você terá melhor percepção das dúvidas que surgem, e dessa forma pode reforçar o seu aprendizado.

 

4. Ensine Os Outros e A Você Mesmo

Ensinar conhecimentos a outra pessoa é uma das melhores dicas de memorização e aprendizado. Caso você não tenha um ouvinte disponível como um pai ou amigo, pode ensinar a parede, um boneco, um travesseiro (seja criativo!).

Explique dedicado como um professor, como se quisesse realmente repassar o conhecimento que acabou de aprender. Seja detalhista e utilize sua voz nessa brincadeira, pois é muito frutífera para a sua memorização e reforço do que foi aprendido.

Enquanto faz isso, compreenderá como professores conhecem tanta coisa e as vezes parecem uma enciclopédia ambulante. Compreenda que no final de tudo, você está ensinando a si mesmo da forma que gostaria de ter aprendido.

 

5. Use Facilitadores De Memória

Outra dica de memorização para estudar é através das inúmeras ferramentas diferentes, como as técnicas mnemônicos por exemplo, que incluem:

  • Acrósticos
    .
  • Acrônimos
    .
  • Método dos Loci
    .
  • Cartões flash
    .
  • Muitos outros
    .

Mas todos os seus estudos de memorização podem também ser feitos por mapas mentais. Eles são recomendados como umas das melhores técnicas de aprendizado e memorização segundo a própria neurociência.

Artigo relacionado → 33 Técnicas de Memorização para Lembrar Qualquer Coisa – Como ser Uma Enciclopédia Ambulante?

 

Dica Extra: Crie e Responda Questionários

Um truque de memorização que deve ser usada para qualquer matéria está nas perguntas e respostas que você precisa ter na ponta da língua. Use e abuse delas, não somente como autoteste, mas também para se recordar.

Caso os seus livros já tenham questionários respondidos, experimente criar perguntas extraclasse para responder. Faça isso também sempre que perceber conhecimentos importantes e que não foram abordados pelo seu professor.

Essa é também uma ótima forma como estudar para concursos e a maioria das pessoas a utiliza não por um acaso!

Em vez de apenas perguntar as informações, gere perguntas que solicitem a aplicação do conhecimento quando possível, garantindo que você realmente as compreenda bem.

Todo mundo tem uma forma predileta de memorizar, então descubra qual método ou combinação funciona melhor para você!

Dicas fornecidas pela Dalhousie University

Conheça os Reais Caminhos do Autodesenvolvimento

Ganhe um E-book Grátis e receba nossa serie de desenvolvimento pessoal para você superar os seus limites
Entre para a nossa LISTA VIP