Inscreva-se na nossa LISTA VIP

E Ganhe Nosso Guia

GRÁTIS !
🔒 Somos contra SPAM

A busca do sucesso pessoal em tudo que se faça requer uma eterna vigilância para manter-se em foco nos objetivos. Um desafio que requer muita inteligência emocional contra os obstáculos que tentam nos separar das realizações.

O caminho para obter nossas conquistas parece simples no papel, pois realmente envolve organizar objetivos, criar metas e realizar as tarefas com certa disciplina.

Fácil demais não é? Mas quem nos dera fosse apenas isso…

Parece que uma hora ou outra a vida nos joga no chão mostrando que nosso planejamento para o sucesso foi apenas uma perda de tempo e quem manda nisso é o acaso, não o destino que você pensava ter poder de criar.

Muitas vezes acontecem imprevistos que exigem muita resiliência para serem vencidos. Dependendo do modo de pensar, ditos por sua mentalidade, os desafios se engrandecem ou apequenam.

Mas nessa leitura vou te ensinar como manter o foco e criar uma sinergia entre tarefas, o que pode ser um verdadeiro ímã para obter realizações de verdade!

 

A Falta de Resiliência para Atingir Objetivos

Certamente, caso uma pessoa de sucesso visse uma outra pessoa perdida na vida, reclamando e culpando terceiros por seus problemas, ela levaria um belo de um sermão.

Os dizeres típicos de alguém perdido em seus objetivos:

  • Tudo o que eu faço dá errado por mais que eu me esforce.
  • Nada que faço fica bom e tudo parece uma perda de tempo.
  • A vida está conspirando contra mim independente dos meus méritos.

Perceba que essas são claramente atitudes de alguém que não está com foco nos objetivos e sim na esperança de que a vida lhe favorecerá pelo caminho idealizado, em troca de seu esforço.

É correto negociar com a vida como se o destino fosse um caixa de banco ofertando empréstimos?

Claro que não funciona assim. Essa pessoa não está construindo seu destino a partir de sua mentalidade ou ideais. Ela está apenas contando com o acaso, como se o esforço fosse uma oferenda.

Não está nem de longe construindo a sua verdadeira riqueza pessoal, apenas trabalhando, se esforçando e transpirando, como se isso fosse a receita do sucesso. Mas uma hora essa fonte de energia se esgotará e essa pessoa não será resiliente!

O esforço é apenas um ingrediente, mas nos bastidores da obra do seu sucesso, deve existir uma mentalidade dominante sobre todas as outras, sempre construtiva, apaixonada pelos objetivos e imponente diante dos desafios.

O padrão mental das pessoas de sucesso não é nada parecido com isso o que vimos agora.

Existem belas biografias que nos mostram, por padrão, que todas as pessoas de sucesso tiveram resiliência e ainda estavam preparadas psicologicamente para os imprevistos. Pois elas enxergavam o que outras pessoas não viam, elas tinham foco que lhes dava uma fina percepção de tudo em suas voltas.

O Mindset que elas tinham também era tão forte que as falhas pareciam lhes fortalecer. A derrota era sim uma pedra no caminho, mas era aquela pedra que seria utilizada como degrau para subirem mais alto.

A falta de resiliência para atingir objetivos de vida não existe por acaso. Nós já começamos com ela da mesma forma que nascemos nus, chorando e famintos.

A resiliência é portanto como uma energia interna construída, um fruto de inteligência emocional obtido pela mentalidade alinhada ao foco que damos em nossos objetivos. Isso é o que torna uma pessoa obstinada na direção de seus propósitos de vida.

Para deixar isso mais claro, assista esse vídeo do Paulo Vieira, autor do livro best seller – O Poder da Ação e presidente da FEBRACIS.

Relacionado: Como Eliminar a Dificuldade de Concentração e Ser Mais Produtivo

O Foco nos Objetivos é Garantia de Resiliência

Foco nos Objetivos de vida e resiliênciaJá percebeu que evitar ter distração dos objetivos e conseguir atingir metas é também questão de algum esforço mental?

Por isso nossa inteligência emocional tem papel imprescindível em nossas conquistas, pois ela nos liga emocionalmente até mesmo de forma inconsciente, dando o foco necessário para cumprirmos as tarefas sem procrastinação.

Ela não é somente responsável por nos garantir resiliência contra as dificuldades, mas também por nos empolgar, dar prazer de seguir adiante e aumentar a performance pessoal em quase tudo.

Muitas vezes ter esses sentimentos por nosso objeto de foco pode mitigar o cansaço e sensação de dificuldade que tivemos para obter tal conquista.

Isso acontece quando vamos realizar tarefas prazerosas já percebeu? É o que ocorre quando estamos completamente focados nas tarefas e nem sentimos o tempo passar.

Esse mecanismo de foco pode funcionar em qualquer coisa que se tenha alguma dose de sentimentos como podemos perceber:

  • Assistir um seriado muito empolgante.
  • Jogar um jogo que nos deixa muito entretidos.
  • Torcer para nosso time em um jogo importante.
  • Conversar com amigos de infância que tínhamos saudades.
  • São muitos exemplos…

Quando temos um objeto de foco em destaque, devemos buscar ter essa ligação a certo nível, para então podermos atingir resultados de excelência. Essa ligação forte é um verdadeiro ímã para as conquistas, que aparecem de forma orgânica quando planejadas adequadamente.

Mas seria vago demais falar sobre isso sem um caminho prático para ter a concentração e foco necessários para atingir bons objetivos na vida.

Vamos então entender o que um planejamento bem feito pode fazer para nosso foco, inteligencia emocional e para tornar nossos esforços mais produtivos.

 

Práticas de Foco Para Atingir Objetivos de Vida

organização de objetivos e metasPara ter conquistas relevantes, sem ter distração nos objetivos e ainda atingir metas com maior sucesso, é necessário fazer um planejamento direcionado e com dedicação.

Nele você precisa se autoconhecer suficientemente para ter consciência do percurso que traçará do começo ao fim. Tudo para reconhecer como se comportará quando os imprevistos ou novas oportunidades surgirem.

A inteligência emocional que falei entra aqui, ela está no modo de enxergar os eventos em torno dos seus objetivos, o porque deles existirem, darem certo ou errado. E então, caso eles ocorram, imediatamente corrigir todos sem se afetar psicologicamente.

Por isso é interessante ter um mapa mental dos seus objetivos de vida. Nele você pode colocar seu objetivo final e todo o caminho a ser percorrido até ele, que sem dúvidas indicará os momentos em que precisará direcionar mais seu foco.

Para obter a concentração ideal e atingir metas sem grandes esforços, você não deve realizar múltiplas tarefas ao mesmo tempo, tão pouco as tratar da mesma forma.

Vamos então seguir algumas dicas de planejamento para aproveitar mais seu foco as enumerando:

 

1 – Dividir Para Conquistar

Dividir o percurso que levará a seu objetivo em tarefas menores é muito mais inteligente. Essa é um receita quase imediata contra a procrastinação, mas não só isso.

Ao dividir um trabalho em tarefas menores, você consegue compreender mais claramente o percurso a ser feito e focar no trabalho a ser realizado com mais simplicidade. É como criar um passo a passo para a melhor execução da tarefa  por exemplo.

Também é possível enxergar os recursos necessários para alcançar certos objetivos com mais clareza, pois eles podem ser percebidos em separado, a cada estágio que você planeja.

Ao dividir seus objetivos de trabalho em tarefas menores, você também tem maior visão sobre os imprevistos e qual tipo de mentalidade deverá ter caso eles apareçam.

Esse método é igualmente inteligente para criar um plano de contingência e se desviar de possíveis falhas ou até prever elas em cada etapa a ser percorrida.

 

2 – Diminua sua Lista

Objetivos são muito bons, é por eles que devemos nos mobilizar sempre. Mas para obter foco nos objetivos não é interessante pular em uma montanha deles de uma só vez.

É questão de administrar sua energia você saber que deve ter apenas um objetivo para focar de cada vez.

Por isso é importante criar uma lista de objetivos ordenados por prioridades e que levarão até seu objetivo final por ordem de execução. Faça tudo em ordem de importância ou dependência entre elas também.

A inteligência emocional também entra aqui, pois é impossível namorar mais de 1 pessoa de cada vez com igual dedicação não concorda?

Levando isso para a prática, você focará sua energia apenas em prioridades bem estipuladas, se dedicará apenas a elas sem as misturar com outras tarefas.

É como começar a tomar uma sopa pelas bordas do prato, pois caso inicie a devorando pelo centro, ela certamente queimará você.

Perceba que esse senso de organização vai contra os modos de algumas pessoas ansiosas e imediatistas. Mas vale lembrar que esse sim é o caminho mais confiável e assertivo para alcançar grandes conquistas com considerável menos esforço.

 

3 – Visualize Antes de Agir

É interessante fazer um exercício de mentalização prévio e que possa ajudar você a manter o foco e concentração necessária para solucionar problemas.

Em outras palavras, é necessário ter visão!

Sempre antes de executar metas, você deve compreender bem porque as criou e ter clareza se elas serão realmente úteis para atingir aquele propósito. Então sempre tenha os olhos críticos sobre você mesmo e questione os resultados a serem alcançados.

Passada essa fase, use um pouco sua imaginação e visualize!

Nosso cérebro reage de forma muito rápida e consistente quando visualizamos as coisas sendo realizadas em nossa mente. Portanto, crie alguma forma de visualizar os objetivos que serão seus novos objetos de foco.

Faça isso com um desenho a mão ou recorte de figuras também. Essa prática é a mesma feita em mapas mentais, mas sem utilizar a escrita, apenas figuras.

Uma dica é criar um painel com gravuras e colar na parede do seu quarto. Preencha com o objeto foco de sua atenção para cada tarefa e descreva a importância delas, assim elas estarão sempre vivas em seu inconsciente.

Só a tarefa de criar um pôster com fotos do que você deseja realizar, já requer algum engajamento por parte da sua mente. Isso funciona psicologicamente e surte efeitos positivos no decorrer do programa que você traçou seguir.

 

Conclusão

Foco nos ObjetivosA nossa mente não costuma desistir facilmente de tarefas que ela já tenha despendido algum esforço para cumprir. Caso isso ocorra, será por forças contrárias que você mesmo produziu.

Por isso é importante sempre ter uma boa dose de prazer ao realizar tarefas e vigilância do que sente ao trabalhar por elas.

Comemorar pequenas conquistas são um alimento que pode lhe colocar em um ciclo virtuoso e realmente lhe manter sempre engajado no percurso que criou previamente.

Existem inúmeros exercícios de foco que podem manter uma pessoa mais tempo concentrada e produtiva em suas tarefas.

Aprimorar essa habilidade de foco sobre metas é importante, além de muito mais fácil, mas sem sentimentos reais pelo seu objetivo final, será difícil sustentar seu compromisso até o final.

E isso se traduz em inteligencia emocional!

Por isso reveja suas metas as vezes, não se importe de corrigir eventuais problemas de planejamento. Entenda bem porque as criou e qual objetivo pretendia com elas.

Isso lhe coloca em uma direção consistente e com poucas chances de erros, além de evitar que caia na armadilha de pensamentos limitantes e procrastinação.

Você terá erros no caminho, mas tenha clareza de utilizá-los a seu favor, saiba ter a mentalidade certa para enfrentar maus momentos.

Conheça os Reais Caminhos do Autodesenvolvimento

Ganhe um E-book Grátis e receba nossa serie de desenvolvimento pessoal para você superar os seus limites
Inscreva-se na nossa LISTA VIP