Inscreva-se na nossa LISTA VIP

E Ganhe Nosso E-Book
GRÁTIS !

🔒  Somos contra SPAM

Aprender técnicas para memorizar estudos nunca é demais já que elas podem ter resultados diferentes de estudante para estudante. E essas apresentadas aqui, utilizam todos os processos feitos pelo seu cérebro, do começo ao fim, até que elas se fixem na sua memória.

Você tem dificuldade em se preparar para testes e exames que exigem muita memorização?
Está interessado em aprender a maximizar a sua memória para fatos e informações?
Você está interessado em aprender como seu cérebro funciona durante o processo de memorização?

As dicas e informações a seguir o ajudarão com estratégias que podem melhorar sua memória no processo de estudos. Elas visam o desempenho, por isso dependem da sua prática ao longo do tempo.

 

Qual O Processo Do Cérebro ao Memorizar?

Aprender como sua memória funciona é o primeiro passo para melhorá-la. Veja como o processo todo ocorre:

Seu cérebro está sempre ocupado percebendo sinais, classificando eles e armazenando as informações mais relevantes.

Essas informações são obtidos e concentradas em nossa memória sensorial, que representa nossos sentidos. Portanto, sua memória está sendo usada continuamente para processar todas as informações.

A classificação das informações é dividida em memória de curto prazo e memória de longo prazo. Todas elas passam primeiro pela de curto prazo, mas para se consolidarem na sua memória de longo prazo, é necessário antes que você:

  • Compreenda bem, pois memorizar é entender.
  • Vincule-a às informações já compreendidas.
  • Experimente-a usando alguns de seus sentidos (por exemplo, a leitura em voz alta permite usar dois sentidos: a visão e audição).
  • Pratique sobre a memória.

Como utilizar uma memória até ela ser consolidada?

Escreva, Vincule, Consulte: estas são três técnicas para memorizar estudos e ajudá-lo a colocar informações propositalmente em sua memória de longo prazo.

Por exemplo, lembrar o nome de um autor será mais fácil caso:

  • Você escreva o nome.
  • Vincule o autor a uma corrente literária conhecida.
  • Caso visualize o nome do autor em seu material de leitura.

Em resumo, praticar a memória e colocá-la em uso significa criar processos cognitivos com ela. Seja ler, escrever, falar, imaginar, refletir e etc.

Leitura complementar → Quais Os Tipos De Memória Humana E Para Que Elas Servem?

 

Como Criar Uma Memória Eficientemente?

A memorização depende dos sentidos que você usa para armazenar melhor as informações. A maioria das pessoas são aprendizes visuais ou auditivas, mas algumas pessoas também podem aprender usando os sentidos cinestésicos.

Qual o seu melhor canal de aprendizado?

  • Os alunos visuais aprendem melhor vendo figuras ou palavras.
  • Os alunos auditivos aprendem melhor por boa associação e tendo informações sendo contadas ou lidas para eles.
  • E os alunos sinestésicos aprendem melhor usando o toque e incorporando experiência e sensações sobre a memória.

Esse tipo de conhecimento é de domínio pessoal, portanto, requer experimentação e autoconhecimento. Muitas pessoas simplesmente se dão melhor com todas essas formas juntas.

Mas existem conhecimentos amplamente conhecidos para o benefício geral da memória das pessoas. Eles também são considerados as melhores práticas entre os campeões de memorização e refletem no modo de vida.

Um estilo de vida saudável pode melhorar a qualidade da sua memória:

  • Passe algum tempo fora e tome um pouco de ar fresco.
  • Durma o suficiente e faça exercícios. Isso minimizará o estresse e ajudará a limpar sua mente.
  • Evite cigarros e álcool: a nicotina prejudica suas habilidades de memorização e o álcool impede a consolidação de informações.
  • Coma corretamente: vitaminas, minerais e proteínas fazem parte de uma dieta equilibrada.
  • Estabeleça um horário de trabalho regular: esse horário o ajudará a evitar excesso de trabalho no final dos semestres.
  • Esteja informado e ciente dos efeitos dos medicamentos em seu processo de memória.

Leitura relacionada → Como Ter Uma Boa Memória Segundo Os Campeões da Memorização

 

Como Você Pode Usar Efetivamente Sua Memória De Curto Prazo?

estudante treinando a memória de curto prazoSua memória de curto prazo também tem um processo executivo que é conhecido como memória de trabalho. Ela armazena, processa e transfere informações até a sua memória de longo prazo.

As informações processadas pela sua memória de trabalho podem ser reutilizadas quando necessário. Enquanto a sua memória de curto prazo se apaga após armazenar uma pequena quantidade de informações por vez.

Por consequência disso, é muito importante evitar a passividade mental.

A passividade mental ocorre quando você não está se esforçando para entender, vincular e repetir as informações fornecidas na aula.

Infelizmente, os alunos geralmente tem essa falta de esforço nas aulas com pouca interação aluno-professor. É o que ocorre quando estão em uma aula monótona que não consegue prender a atenção.

A qualidade da atenção é um pilar para a memorização efetiva, e sem ela, simplesmente não conseguímos criar memória semântica sobre qualquer matéria.

Mas é a sua própria mente que deve transformar tudo em mais interessante e significativo. Definitivamente, não é possível cobrar que o seu professor seja um artista lúdico para isso acontecer.

Então saiba que ele é apenas uma fonte de informações, o seu mentor. E que a autoeducação é a verdadeira formula humana do aprendizado eficaz.

Aqui estão algumas técnicas para memorizar estudos e ajudá-lo nesse processo:

Leia também → Top 5 Dicas de Memorização Para Os Estudos

Ouça Ativamente

  • Revise e repita mentalmente as explicações do professor para si próprio.
  • Associe o que o professor diz ao que você já sabe.
  • Examine as palavras-chave utilizadas pelo professor.
  • Faça anotações do que foi ouvido de maneira que você possa compreender mais tarde.
  • Imagine uma historinha sobre os acontecimentos explicados.

Selecione As Informações Para Memorizar

  • Identifique as principais idéias e mantenha o foco sobre elas.
  • Destaque ou sublinhe as informações importantes para o contexto.
  • Adicione palavras-chave complementares nas margens das páginas.
  • Faça um breve resumo com suas próprias palavras.
  • Crie suas próprias tabelas, gráficos ou diagramas manualmente.

Na Preparação Para Os Exames, Organize As Informações Em Unidades

  • Crie um resumo que reduza muitas páginas de anotações em apenas algumas páginas.
  • Use representações visuais como tabelas, gráficos e diagramas.

Escolha Técnicas Para Memorizar Estudos Apropriadas Para O Material

  • Para manter conceitos abstratos, use exemplos concretos e pessoais.
  • Ao manter uma lista de datas, repita-as dentro e fora da ordem.
  • Para entender o contexto de um texto longo, escreva um resumo com suas próprias palavras.
  • Para memorizar textos rápido, abrevie as iniciais das palavras e treine para recordar elas.
  • Tendo uma visão pessoal sobre o conhecimento, faça associações com situações da vida real.
  • Formule suas próprias perguntas.

Aprenda Do Geral Ao Especifico

  • Percorra as informações do entorno sobre o que você precisa aprender antes de se prender aos detalhes.
  • Concentre-se em entender a essência do que você está aprendendo, objetivamente, entendendo as idéias principais e ligações entre elas.
  • Use Mais De Um Dos Seus Sentidos.
  • Leia e fale: leia os elementos principais do texto em voz alta ou fale sobre eles com alguém.
  • Leitura e gravação: crie um resumo ou uma tabela a próprio punho.
  • Leia e faça: use os elementos do texto e aplique-os.

Visualize As Informações

  • Crie imagens mentais relevantes.
  • Imagine-se executando uma tarefa visualizando o contexto da maneira mais precisa possível.
  • Use Truques de memorização (associações Mentais).
  • Use cores diferentes para suas anotações.
  • Crie acrônimos ou acrósticos.
  • Cante as informações ao ritmo de uma música popular.

A melhor maneira de obter uma memória eficiente de curto prazo é treiná-la na prática. Use tarefas diárias, como memorizar sua lista de compras ou números de telefone de amigos, para manter sua mente sempre afiada.

Seja confiante em suas habilidades pois elas existem. Faça elas surgirem mais presentes na sua vida simplesmente por colocar elas para funcionar!

Sua memória de curto prazo é capaz de armazenar de 5 a 9 informações por um curto período de tempo. A média é 7, mas a mente mais treinada consegue se valer de toda essa capacidade.
Para reter mais informações por um longo período, você precisará de sua memória de longo prazo.

Leia também → Como Melhorar a Memória Para Estudar Mais Em Menos Tempo

 

Como Você Pode Usar Efetivamente Sua Memória De Longo Prazo?

Para transferir informações da memória de curto prazo para a memória de longo prazo, você precisa:

  • Manter o foco (qualidade da atenção)
  • Fazer boas anotações na aula
  • Revisar suas anotações depois da aula
  • Reler suas anotações regularmente
  • Reutilizar as informações o mais rápido possível

É importante saber que, entre as melhores práticas para tornar algo memorável está a revisão espaçada dos conteúdos. Pois alem delas diminuírem a curva do esquecimento, educam o cérebro a compreender as informações como sendo importantes.

O ato de relembrar das coisas é tão importante quanto memorizar. Pois vale lembrar que, diferente do que se possa imaginar, o processo de memorizar é diferente de lembrar das informações contidas na memória.

Isso evidentemente requer treino, principalmente aos que utilizam técnicas de memorização para concursos ou para testes que requerem maior competitividade.

Existem muitas técnicas para memorizar estudos que merecem a sua atenção aqui no Aprimore Sua Mente. Então volte aos artigos sobre memorização para encontrar outros guias úteis ou releia a versão inglês original desse artigo.

Conheça os Reais Caminhos do Autodesenvolvimento

Ganhe um E-book Grátis e receba nossa serie de desenvolvimento pessoal para você superar os seus limites
Entre para a nossa LISTA VIP